29 de fevereiro de 2012

SUPER DICA: DILUÍ, RECUPERADOR DE ESMALTE • IMPALA




Oi pessoas, como vão?

Tenho uma dica super legal pra dividir com vocês, apesar de muitas talvez já conhecerem. Trata-se do Diluí, o diluente da Impala, que como o nome já diz, é um recuperador de esmalte. 

"Recuperador de esmalte, Marvin, como assim?"

Eu explico. Sabe aquele esmalte velho, ou mesmo novo, que engrossou e se tornou quase impossível de usar? Pois então, os esmaltes são feitos, praticamente, por 3 componentes principais: Resina, o filme plástico que reveste as unhas, pigmentos/corantes, que dão a cor ou o efeito aos esmaltes, e solvente, que mantém o esmalte na forma líquida. Entretanto, os solventes dos esmaltes (sempre são 2 ou mais) são muito voláteis, evaporam muito rapidamente, é justamente isso que faz com que a secagem do esmalte seja rápida. Porém, só o ato de abrir o frasco do esmalte, já faz com que esses solventes evaporem e, com o uso contínuo, o líquido se torna viscoso e mais difícil de ser aplicado. Normalmente a secagem também piora. 

O Diluí é composto por 3 solventes: Acetato de etila, acetato de butila e diacetona álcool. Todos eles são usados na composição da maioria dos esmaltes, mas a diacetona álcool é a menos usada entre os 3, são poucas as empresas que a utilizam. Basta adicionar algumas gotas ao esmalte, misturar com a ajuda do pincel e depois agitar bem, pronto, seu esmalte estará novinho em folha, sem perder o brilho ou efeito.

Para demonstrar o efeito do Diluí, usei um esmalte da própria Impala, vencido em 2008 (sim, eu uso esmalte vencido, mas isso não é aconselhável, ok?).

Vejam só:


Preto, Impala


Antes: Textura viscosa.

Antes: Viscosidade e dificuldade de aplicação. Falhas na esmaltação.
Depois: Textura normal, aplicação fácil e secagem boa.
É isso aí, meus queridos, Diluí recupera MESMO qualquer esmalte. Apesar de ter usado um esmalte cremoso e da própria Impala para fazer este post, já o testei com diversos esmaltes, nacionais e importados e de diversos efeitos. Garanto, funciona perfeitamente com qualquer esmalte. Aliás, já é o 4º frasco que uso, sempre tenho alguns em estoque. 


Esse não é o único diluente do mercado brasileiro, porém, é o único livre de tolueno e formaldeído. Nem mesmo os diluentes da Seche e da Mavala são 3-free, pois ambos possuem tolueno na fórmula. Sim, Diluí da Impala é liberado para quem tem alergia à esmaltes comuns (oi Sassá, oi Kika!). E por favor pessoal, não usem o famoso óleo de banana (acetato de amila) e nem acetona, pois ambos estragam o esmalte, quando não, o esmalte pode perder o efeito ou mesmo o brilho.

Diluí pode ser encontrado facilmente em lojas de cosméticos, contém 30ml e custa em média R$7. O rendimento é excelente.

Espero que tenham gostado da dica.

PS: O esmalte que eu estava usando era uma misturinha violeta com uma camada de DS Original da OPI por cima. Como eu já ia removê-lo, aproveitei para fazer as fotos deste post, então nem limpei o contorno das unhas. Não vá me gongar, hein tia Shame? Sua linda! ♥



19 comentários:

Kelli disse...

Eu nunca usei, amei a dica e vou comprar o Diluí.
Tb uso esmalte vencido, mas já joguei alguns pq estavam espessos demais e não uso óleo de banana nem acetona :/
amei a dica!

Bjs

Kelli
Cores e Cuidados

Ka disse...

Oi xuxu!
Tava com saudade das tuas resenhas!
Tenho o recuperador da Passe Nati q comprei ano passado, usei e foi bom só q endureceu dentro da embalagem.
Loco né?!
Será q vou ter q usar recuperador pra recuperar o recuperador! hsushsus
Enfim... só pra dizer q NÃO RECOMENDO o diluidor da Passe Nati.
Vou comprar este da Impala qdo algum esmalte engrossar!
Obrigada pela dica + uma vez, Marvim!
xoxo!
Ka

RAPHAELALOPESSOARES disse...

Uauu .. Marvin é REI. o/
hahahaha
Caraca, não sabia dessa existência.
Excelente dica e resenha.
Obrigada!

Marvin Wonder disse...

Já usei o da Passe Nati, estragou duas Coberturas Transformadoras da Cor da Colorama. Esse da Impala é o único que funciona.

Use, você vai adorar.

=)

Marvin Wonder disse...

Eu é que agradeço pelo carinho.

=)

Fabricia Ribeiro disse...

Oi Marvin, descobri o blog graças à #Sancion171 - quem diria que viria algo de bom daquele escandalo?!
Enfim, to amando suas resenhas - já até trocamos figurinha no Twitter - queria saber onde vc comprou esse diluente, porque desse eu nunca vi! E olha que sou rata de Sumirê-Ikesaki-Lojinhas-da-Liberdade...

Quase comprei o da Passe Nati na semana passada, pra usar justamente na coleção Multichrome da Hits (três engrossaram). Essa foi por pouco!
:(

Iva Uvinha disse...

Oi, Marwin!
Amei essa comparação do antes/depois! Eu comprei o Dilui por um acaso, pq não gosto do tal "óleo de banana"... Quando eu ia na manicure, ela tinha mania de colocar o óleo de banana, e reparava que o esmalte não ficava legal...
Agora, já sei como e quando usar meu Dilui! Valeu pela dica!!!
Bjks,
Iva :)

Liliana Motta disse...

òtima dica Marvin!!!! vou comprar e recuperar um montão de esmaltes velhinhos !

Ananda Azevedo disse...

Amei a dica, não conhecia, eu sempre usei óleo de banana mas com o tempo ele vai deixando o esmalte com o acabamento menos brilhoso.
Bjs

Marvin Wonder disse...

Na ikesaki e nas lojas da rede Sumirê sempre tem.

=)

Marvin Wonder disse...

Pois é. Daqui em diante, use Diluí!

\o/

Marvin Wonder disse...

Isso mesmo, não jogue fora.

=)

Marvin Wonder disse...

Eu comprei quando vi que vários esmaltes estava ficando viscosos, e isso foi logo em 2010, quando comecei a usar esmalte. Procurei em vários blogs, mas nunca achei a informação que eu queria. Fui saber sobre o Diluí no Orkut! É, no Orkut! Haha!

Bell disse...

Uauu!!! Já coloquei na minha lisitnha de compras!!!! UTIL

Jarina Samia disse...

acho que esses amolecedores não vão com a minha cara, nunca coloco a quantidade correta!

Marina4m disse...

Ahhhh... Mto prático!

Marina4m disse...

Vida útil aumentada para nossos esmaltes mais queridos

Telma Sueli Ferreira disse...

adorei a dica!

Telma Sueli Ferreira disse...

Vou tentar encontrar!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...